quinta-feira, dezembro 08, 2005

Maus-tratos

Este pequeno post destina-se a descrever um dos ataques mais estúpidos que o meu ego sofreu. Foi a primeira e última vez (última porque entretanto não se proporcionou) que tentei oferecer uma prenda a um rapaz que tivesse uma razão de ser. Pensei nos aspectos da sua vida que eram importantes e onde ele mais problemas tinha e numa forma de os colmatar. Escusado será dizer que essa pessoa era muito importante para mim na altura. De seguida apresento um relato daquilo que foi dito por essa pessoa quando, efectivamente, lhe dei a prenda:

(Antes de ter aberto o embrulho por completo)

- Ah... Já tenho uma igual.

(Depois destas palavras, toca a atirar a prenda para o banco mais próximo)

Escusado será dizer que nunca mais lhe dei nada.

2 Comments:

At 2:50 da manhã, Anonymous A said...

omg! não mereceu o trabalho.
mas... acertaste na prenda :D

 
At 10:27 da tarde, Blogger Diana said...

Acho que lhe deste (de)mais...

 

Enviar um comentário

<< Home