terça-feira, agosto 23, 2005

Mãos de quem não trabalha

Finalmente fez-se luz! Descobri a vantagem de ficar na cama o dia todo e ter como único objectivo ler e escrever papaias no computador: as fracas possibilidades de partir as unhas, permitindo um cuidado diário com as ditas cujas. Agora sim, tenho mãos de quem não trabalha. Isto porque, efectivamente, aquilo que faço se resume a absolutamente nada. Acabaram-se os calos e o verniz estalado. Quando tudo o resto falha, as mãos começam a ficar impecáveis. Enfim, não se pode ter tudo.

10 Comments:

At 1:34 da manhã, Blogger Diana said...

junto com as fotocopias envio as minhas maos... uma manicure francesa POR FAVOR

 
At 3:28 da tarde, Blogger Adriana said...

Podia começar a fazer um negócio à custa disto...

 
At 9:20 da tarde, Blogger Diana said...

Será que hoje em dia já ninguém trabalha por gosto? Por amor à arte...por prazer... por favor a uma amiga, sei lá! :)

 
At 10:18 da tarde, Blogger Adriana said...

Eu n faço favores a mim própria, vou fazer favores aos outros. Quanto a trabalhar por gosto, ao contrário do que toda a gente diz, cansa.

 
At 1:46 da manhã, Blogger Diana said...

Xeira-me q n andas a "trabalhar" por gosto...

 
At 2:04 da manhã, Blogger Adriana said...

Eu n faço nada por gosto, e aquilo que fazia... bem, é melhor não falar sobre isso.

 
At 2:22 da manhã, Blogger Diana said...

pronto, estragaste a conversa.

 
At 2:23 da manhã, Blogger Adriana said...

merda, eu faço sempre isso.

 
At 2:41 da manhã, Blogger Diana said...

Anda lá, desta vez calhou seres tu, é o q é.

 
At 2:45 da manhã, Blogger Adriana said...

reformulo: merda, alquém tem sp que estragar a conversa e agora fui eu!

 

Enviar um comentário

<< Home