domingo, julho 17, 2005

Onde quero estar amanhã

18 Comments:

At 11:54 da tarde, Blogger Diana said...

Isso é muito diferente do Noites Longas e dos braços de uma pessoa que eu cá sei. Ó pra mim cheia de piada. Matem-me.

 
At 12:31 da manhã, Blogger Tiago said...

Podia-se sempre dizer uma asneirada ( só por dizer ), retorquindo assim o teu afáveel comentário ao meu blog.

Mas vou-me limitar a dizer que é bastante bela, a imagem do teu post.

:)

 
At 12:47 da manhã, Blogger Adriana said...

O comentário não foi ao blog :) Foi à crítica do filme ;)

Obrigada, eu também achei.

 
At 12:48 da manhã, Blogger Adriana said...

Diana: Não tenho fotos disso, infelizmente :( E se tivesse também não as punhas aqui... acho eu.

 
At 12:53 da manhã, Blogger Tiago said...

se calhar até foi à noite de quarta, o comentário :)

Opiniões :)

.

 
At 1:00 da manhã, Blogger Adriana said...

Quem sabe... Mas, no geral, eu gosto de me armar em objectiva... por isso, não me cheira :)

 
At 1:05 da manhã, Blogger Tiago said...

Então, objectivamente, devias saber que não existe autocorrelação entre um filme e a sua crítica.
São distintos, portanto.
Objectivamente, é claro.

 
At 1:12 da manhã, Blogger Adriana said...

Objectivamente, as opiniões contam.
E, habitualmente, tendem a por as coisas em perspectiva.
Uma perspectiva diferente.
Digamos que "vi" as coisas pela tua perspectiva, e o resto já sabes.

PS: Essa autocorrelação inexistente e essa distinção clara parecem-me ilusão... mas sou só eu.

 
At 1:22 da manhã, Blogger Tiago said...

Só para terminar..

Um filme é um filme.

O seu valor, é o mesmo, quer haja ou não uma crítica. Ilusão ?
Menos.
Sem mais.

 
At 1:36 da manhã, Blogger Adriana said...

As coisas nunca existem fora do seu contexto, principalmente as "criações".
E, acima de tudo, têm o valor que lhes damos.
Pegar num filme e analisá-lo fora do contexto em que foi criado, fora das críticas que lhe foram feitas, para mim, é retirar-lhe valor.

Não me digas que nunca foste ver um filme baseado em expectativas? E dependendo dessas expectativas ficaste, bem ou mal impressionado...

Considera a minha crítica à tua crítica como uma crítica póstuma. Eu já vi o filme, mas se não o tivesse visto, não disseste nada que me fizesse querer ver.

*

 
At 1:39 da manhã, Blogger Tiago said...

Quis-me parecer que na entrelinha do teu comentário, estava mais que apenas dizer que não gostaste da minha crítica.

Quando aprecio algo, não o faço de maneira a persuadir ninguém. Não pretendo que o sintam como eu, que o apreciem como eu, simplesmente o faço, sem intenções.

Pergunto-me se já terás lido críticas a este filme, mas caso não o tenhas feito, eu posso-te orientar informação adequada, de pessoas adequadas.

 
At 1:49 da manhã, Blogger Adriana said...

Voltei a ler o que tinha escrito. Não encontrei a tua entrelinha.
A minha entrelinha dizia que vi o filme de maneira diferente que a tua, e que, a maneira como tu viste o filme fez com que, aos meus olhos, ele não fosse o "especial" que foi para mim.

Existe uma grande diferença entre quem escreve para os outros e quem simplesmente escreve. Nisso tens razão. Mas a persuasão não é má. Se falaste do filme, foi porque gostaste e quiseste partilhar (digo eu). E ainda bem, mas sendo que o partilhaste, deste-me o "direito" de te partilhar a minha opinião, ou não?

Sim, já li críticas adequadas e desadequadas e de pessoas adequadas e desadequadas. Felizmente formei uma opinião pessoal. Tal como tu.

 
At 1:58 da manhã, Blogger Tiago said...

A entrelinha está no tom austero com que escreveste.
E no despropósito, também, ou seja, segundo a Diana, eu sou um miúdo mimado que está habituado a que lhe passem a mão no cabelo. Mas segundo a minha opinião, a vossa maneira de ser, de estar, diverge muito da minha e do mundo que me rodeia. Sem querer fazer juízos de valor, julgo que é quase factual a vossa maneira muito mais destrutiva de agir. No meu mundo, enaltece-se ao máximo sempre que se o pode fazer, apenas isso.
Como te disse, a entrelinha, está na noite de quarta..

Bem, um beijinho apaziguado.

 
At 2:02 da manhã, Blogger Diana said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 2:05 da manhã, Blogger Adriana said...

Eu não escrevi com tom austero. Pena que o tenhas lido assim. Pena também que separes os "mundos".
Se calhar, porque consideras a nossa ( e aqui escrevo nossa porque fizeste questão em falar na Diana, estávamos a conversar sobre filmes...) maneira de ser e de estar destrutiva, "me" lês dessa maneira.
Se não tivesses feito juízos de valor, não tinhas achado que te estava a atacar.

E, mais uma vez, o tom não é austero. Mas muito mais apaziguador, como o teu beijinho.

Boa noite*

 
At 2:08 da manhã, Blogger Tiago said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 2:14 da manhã, Blogger Diana said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 2:15 da manhã, Blogger Tiago said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home