terça-feira, maio 31, 2005

Identificação

O verdadeiro prazer e libertação que advém de pronunciar em alto e bom som a expressão "raispartaocaralho" de uma só vez, representa na perfeição a minha forma de olhar o mundo: uma irritação profunda por tudo o que me passa ao lado e que eu não controlo ou faço parte. Obrigada Diana por me teres feito ver isso.

3 Comments:

At 12:31 da manhã, Blogger Diana said...

De nada. Mas já agora, diz-me quando é que eu te fiz ver isso...

 
At 1:06 da tarde, Blogger Adriana said...

Eu sei que te come a cabeça quando certas e determinadas pessoas começam a dizer que tu modificaste a vida delas a fazer merdas que tu não fazes a mínima ideia que tinhas feito ou sequer como as poderias ter feito. Pois bem, eu esclareço-te. Na maioria das vezes a juventude, ou nao, só quer demonstrar que foste importante na sua vida, como, também na maioria das vezes, não fazem a mínima ideia de como explicar isso, pegam numa papaia/ chavão qualquer e prontos, fica bonito! Mas também tens que admitir que a capacidade de influenciar positiva e negativamente a vida dos outros nem sempre nos é visível, e isso pode ter-te acontecido, ou seja, fizeste sem saber que tinhas feito e sem teres intenção d o fazer. No meu caso, que é bastante mais simples, a coisa aconteceu mais ou menos assim:
Diana - Já viste Adriana, inventaste a expressão raispartaocaralho!
Adriana - É verdade, é tão bom dizer raispartaocaralho! É mm aquilo que eu sinto!
Diana - Olha, o teu blog devia chamar-se raispartaocaralho!
Adriana - É isso!

E, pronto, foi assim que aconteceu.

PS: Tenho a ligeira impressão que este comentário ficou grandito. Como nao tou com pachorra pa o voltar a ler n sei s tem erros. S tiver, paciência!

 
At 2:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

[url=http://www.sarvajal.com]viagra[/url]

 

Enviar um comentário

<< Home