segunda-feira, maio 30, 2005

Ironias...

É bastante irónico... Quando se sabe que o fim chega, que as coisas vão eventualmente acabar, faz-se sempre um esforço extra para viver os acontecimentos ao máximo. O estranho acontece porque quanto mais tentamos viver, mais a vida nos escapa, mais rápido o tempo passa, mais depressa o fim chega. E ficam para trás as horas que não preenchemos e, sempre, uma sensação de vazio. Será que faz tudo parte do processo de terminar? Será que se compreendessemos que a nostalgia que sentimos por um tempo que ainda não passou, que nos impulsiona para tentar fazer tudo de uma vez, é tão simplesmente um "acelerar" da vida, não íamos aproveitar mais, e viver como sempre vivemos? Talvez aproveitar ao máximo nos leve para mais perto do fim...

2 Comments:

At 12:21 da manhã, Blogger Diana said...

Acho que tá tudo na nossa cabeça. Há pessoas para tudo. Acredito que pelo menos uma pessoa, nesta vida, passou, está a passar ou passará por Coimbra e não sentiu nada.

 
At 10:29 da manhã, Blogger Adriana said...

dramática...

 

Enviar um comentário

<< Home