terça-feira, janeiro 05, 2010

o dia depois de hoje

Estive a ler as previsões do meu horóscopo para 2010. São boas. Sucesso profissional que poderei medir mediante o meu empenho no trabalho. Novas amizades, boas amizades, profundas amizades. Uma dessas amizades um dia poder-se-á tornar o meu grande amor.

Se calhar já o conheci em 2009. Mas como ainda não era 2010 tive de esperar um ano para me fazer amiga dessa pessoa.
Sinto uma certa pressão de encontrar essa pessoa que vai ser minha amiga e depois algo mais. Algo melhor. Algo bom.

Ou então não.

Acho que as pessoas passam demasiado tempo preocupadas, primeiro com os relacionamentos que não têm, depois com os relacionamentos que têm, depois com os relacionamentos que perderam por causa do relacionamento que têm, depois com os relacionamentos que têm e por fim com os relacionamentos perfeitos que só foram perfeitos pelo tempo que passaram e existiram. Acho que as pessoas passam demasiado tempo preocupadas.

É impossível não nos preocuparmos. Vivemos durante 70 anos, com qualidade física se tivermos sorte, e estamos preocupados em manter uma sanidade mental associada a prefixos de uma sociedade perfeita que não existe. Somos estúpidos.


Até agora, a única coisa que aprendi com este novo ano é que está tudo igual e que me custa muito escrever 2010 dado o hábito de escrever dois zeros seguidos. Esperemos pelo dia de amanhã.

10 Comments:

At 4:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Encontrei o teu blog por acaso. Andava a googlar o David o Gnomo (long story...) e apareceu-me o teu blog no resultado de pesquisa. Digamos que o teu blog (mais concretamente o nome do teu blog) foi a coisa mais interessante que encontrei.
Li na dialogal os 3 ou 4 posts mais recentes e fartei-me de rir.
É pena não teres escrito mais.
Ana

 
At 11:28 da tarde, Blogger raylsonbruno said...

Me preocupo, logo existo!

 
At 3:26 da tarde, Blogger Vilmar Barros de Oliveira said...

Tropecei no teu blog e dei de cara com textos leves e bem humorados, que sorvi como fruta suculenta...o sabor ainda tenho na lingua, preciso ler mais dos teus textos fruta!

 
At 8:47 da manhã, Blogger Pearl said...

Oi!
Sou lááá do Buraco Escuro e estou te visitando :)

Haha! pensei que só eu tinha essa dificuldade com o digitar 2010.

Parabéns pelo texto e descrição de nossas preocupações. Está ótimo!

 
At 8:48 da manhã, Blogger Pearl said...

corrigindo... estou a te visitar, como dizem em Portugal!

 
At 5:06 da manhã, Blogger O Guardador de Estrelas said...

Sempre podes escrever, 2010+1.
Estúpidos somos porque queremos. Eu sou porque quero ser estúpido. E sou parvo porque quero ser também. E posso ser. E sou gentil porque quero ser. E amo porque estou vivo.
Beijos

 
At 3:02 da manhã, Blogger Adriana de Adriano said...

Olá gostei muito do teu blog e estou seguindo ele já, aproveito a ocasião e convido vc a dar uma olhadinha no meu blog e , espero que goste e se quiser seguir será um prazer ter vc me seguindo.. Bjus
http://algumascoisasqueeuescrevo.blogspot.com/

 
At 1:35 da tarde, Blogger Anima Festinhas Aninhas said...

PARA QUEM AINDA NAO VIU NEM SABE DO NOSSO GRUPOOlá muito bom dia também agradecia desde já que me ajuda-se a passar a palavra do meu grupo de trabalho ANIMA FESTINHAS ANINHAS se bem sabemos o melhor do mundo são as crianças por isso o nosso grupo prepara um dia cheio de grandes animações com todo o tipo de diversões Visite disfrute e passe a palavra a amigos conhecidos e familiares Site http://animafestinhasaninhas.blogspot.com/; HI5 http://animafestinhasaninhas.hi5.com/; Facebook: facebook.com/AnimaFestinhasAninhas; TWITTER http://twitter.com/animafestinhasaninhas e se existir alguma questão digam para o E-mail animafestinhasaninhas@hotmail.com; que nos respondemos Um abraço

 
At 2:16 da tarde, Anonymous Pacman said...

Poucas pessoas sabem que um Pacman o jogo original foi lançado pela Namco do Japão em 1979 e tornou-se incrivelmente popular em todo o mundo! Além disso, a Namco lançou várias seqüelas. Assim, quase 30 anos mais de Pac-Man para entreter seus fãs millioned exército. Pac-Man herói há muito tempo deixou o jogo e se tornou uma inspiração para muitas empresas e já se tornou parte da cultura do jogo.

 
At 1:15 da manhã, Blogger B said...

Será? Não.

 

Enviar um comentário

<< Home